Cupido

Quando ouvimos falar em Cupido, logo pensamos em uma criatura pequena, que lembra uma criança, voando por aí e distribuindo flechas indiscriminadamente para que as pessoas se apaixonem, não é verdade? Mas a história do cupido vai muito além disso! Ficou interessado e quer saber mais sobre? Confira tudo aqui!

simbolismo do cupido

Significado do Cupido

O cupido é uma das principais simbologias da paixão e do amor. Ele é representado por um garoto romano alado, carregando um arco e flechas. Para a Mitologia Grega, o cupido é o deus Eros e filho de Vênus – a deusa do amor e da beleza – e de Mercúrio – deus mensageiro.

Normalmente ele é representado por um garoto bastante brincalhão. Ele dispararia a sua flecha de forma indiscriminada, fazendo com que as pessoas se apaixonassem. Porém, em praticamente todas as culturas, o cupido é associado sempre como uma figura feliz, positiva e do bem. A beleza e a delicadeza da figura dele simbolizam a própria doçura do amor.

Veja também os significados dos símbolos Coração e Flecha.

Veja também. Significado do símbolo ->  Suástica

Simbologia do Cupido

Considerado por muita gente como a encarnação do amor e da paixão, o cuido é simbolizado costumeiramente como uma criança ou um jovem de cabelos encaracolados e dourados, normalmente vestido poucas roupas.

Sua beleza se refere aos sentimentos que ele traz à tona com as suas flechas. De acordo com o mito, suas flechadas unem corações apaixonam os casais.

Cupido na Mitologia Grega

O cupido tem seu próprio mito dentro da mitologia grega, que conta justamente a sua história de amor com Psiquê, que era uma linda moça, sendo a mais bela entre as irmãs. De todas elas, Psiquê era a única solteira, o que preocupava seus pais.

Assim, seus pais tomaram a decisão de conversar com os deuses, e eles disseram então que, para resolver a situação, seria preciso levar Psiquê até algum vale, que ali um monstro a levaria embora para se casar.símbolo cupido

Chegado o dia de cumprir as recomendações dos deuses, seus pais a vestiram de noiva e a levaram até o vale abandonado. Nesse momento, a deusa Vênus ficou sabendo que os homens consideram Psiquê mais bonita do que ela. Vênus, então, ordenou a seu filho – o Cupido – fazer com que a garota se apaixonasse por ele e a abandonasse em seguida.

Veja também. Significado do símbolo ->  Elefante

Ele cumpriu as ordens de sua mãe. Psiquê apaixonou-se pelo cupido, porém, não podia ver o seu rosto. Passadas algumas semanas, Psiquê estava muito triste e pediu para que pudesse visitar as suas irmãs. O cupido aceitou e as chamou até o castelo onde a moça estava vivendo. Porém, as irmãs, ao chegarem ao local, sentiram muita inveja de Psiquê e a convencera que ela exigisse ver o rosto de seu amado.

Durante a noite, Psiquê aguardou até que seu cupido dormisse. Foi até o seu quarto levando azeite e uma lamparina. Porém, uma gota de azeite caiu sobre cupido, que acordou. Apavorada, a moça saiu do quarto. Assim, o cupido, conforme as ordens da mãe, abandonou Psiquê. No dia seguinte, a moça ficou sabendo que o amado que lhe abandonara era filho de Vênus.

Psiquê, então, decidiu pedir a Vênus que o deixasse voltar. Ela, por sua vez, pediu a Psiquê que fizesse tudo o que ela mandasse. Psiquê seguiu todas as ordens de Vênus e teve o cupido de volta. Eles viraram um só corpo e uma só alma e acabaram por gerar um filho, chamado Prazer.

Veja também. Significado do símbolo ->  Diamante