Timão

Indicar uma direção, orientar, guiar, conduzir. São alguns dos significados presentes no símbolo timão, que vem do latim “temo”, que quer dizer eixo de carroça.

Muito popular entre marinheiros e amantes da vida no mar, o timão é usado como tatuagem para quem quer demonstrar na pele a paixão pela atividade marítima. Também está presente em nosso imaginário, na imagem de antigos piratas, conduzindo a caravela, em filmes e desenhos animados.

simbolismo do timão

Sem esquecer que Timão é o apelido carinhoso de um dos times mais queridos do estado de São Paulo e do Brasil: o Corinthians.

Agora que você já viu quantos sentidos existem nessa palavra, embarque com a gente nesse rápido passeio pelos simbolismos do timão.

O que é timão de navio?

No universo náutico, o timão de navio, também conhecido como leme ou roda de leme, é o “volante” da embarcação. Essa ferramenta tem por função orientar e conduzir o navegante nas águas, em direção ao seu destino.

Nos tempos antigos, em naus e caravelas, a roda de leme ou timão era feito de madeira, como até hoje aparece nas imagens simbólicas. Nos veleiros de hoje, o mais comum é o de alumínio.

Assuma o comando, timoneiro!

Na prática do iatismo, chamamos timoneiro à pessoa que comanda a embarcação, por meio do timão. Ele tem que ter firmeza e, ao mesmo tempo, serenidade para conduzir a embarcação com leveza. Graças ao timão, é possível mudar o rumo, desviar de obstáculos e prosseguir na rota certa.

Veja também. Significado do símbolo ->  Uva

É por isso que, no sentido figurado, timão simboliza governo ou comando.

Simbolismo do timão

Quando falamos em timão, pensamos não apenas no instrumento (aparelho), mas no seu sentido simbólico: o ato de guiar, dirigir, direcionar.

É por isso que, na simbologia do timão, podemos incluir características como: bom-senso, sentido, orientação, prudência, firmeza e espírito de liderança. Assumir o timão é tomar o comando, exercer a liderança e guiar em direção ao rumo certo.

Da mesma forma, a expressão popular “perder o leme” ou “perder o timão” significa perder o rumo, ficar desnorteado, sem direção.

Para quem é ligado ao universo marítimo, o símbolo timão também está associado a outros elementos, como o farol e a âncora. E assim como estes, oferece várias leituras e simbolismos em nossa vida.

O símbolo do timão no Corinthians

Quem hoje vê o timão no escudo do Corinthians, mal sabe que, quando o time nasceu, em 1910, nem tinha escudo. Somente em 1940 ele começou a ganhar as formas mais próximas das atuais, com uma âncora e dois remos vermelhos, em uma referência aos esportes náuticos, em alta na época.

O escudo foi criado pelo artista Francisco Rebolo Gonsales, que havia sido jogador do time. As formas do escudo foram se modificando com o passar do tempo, até chegar à década de 1990, quando foi adicionada a ele, uma estrela pela conquista do primeiro título do Campeonato Brasileiro. A âncora e o círculo central também sofreram mudanças estéticas. Outras estrelas foram adicionadas: em 1998 e 1999, pela conquista do Brasileirão; em 2000, pelo Mundial de Clubes da FIFA; e em 2005, pelo Campeonato Nacional.

Veja também. Significado do símbolo ->  Biblioteca

Por coincidência ou não, o símbolo do timão acabou criando um nome popular para o time paulista, visto que a palavra “timão” também é o aumentativo de time, ou seja, um grande time.

A tatuagem de timão

Muito popular entre pessoas ligadas ao mar, seja como ofício ou lazer, a tatuagem de timão remete essencialmente a marinheiros, aventuras, mar e coragem. Trata-se de uma tatuagem mais comum em homens.

A simbologia do timão em tatuagem está associada a orientação, caminho, destino e liderança. Tatuar um timão ou leme no corpo é manifestar o desejo de assumir o comando de sua própria vida, de ter uma direção (orientação) certa ou ainda, a necessidade de conquistar e desbravar novos mares.

No universo da tatuagem, quem escolhe o símbolo do timão acaba tatuando outras imagens associadas ao universo marítimo, como âncora e remo. A tattoo de timão também remete à coragem e prudência dos grandes líderes.

O timão no Budismo

O budismo, doutrina oriental propagada por Buda, é composto de vários símbolos. Um dos mais conhecidos é a Roda do Dharma, também chamada de Dharma-chakra ou Roda da Lei.

Veja também. Significado do símbolo ->  Asas

Para os seguidores dessa doutrina, esse símbolo, representado por um timão de oito pontas, personifica o sentido cíclico da vida nas culturas orientais. Os oito raios simbolizam o “caminho óctuplo” ou “caminho das oito vias”, ensinadas por Buda para se alcançar a iluminação.

São estes:

  • A correta compreensão;
  • Acertada postura mental;
  • A linguagem correta;
  • Ação correta;
  • A retidão no modo de viver;
  • O esforço correto;
  • A correta atenção;
  • A meditação.

Envolvendo as oito pontas do timão, na Roda do Dharma estão dois círculos: o maior, que representa a Samsara, “roda de renascimentos” e o menor, que simboliza o Nirvana, que é a libertação do sofrimento e auge da felicidade.

Veja também os significados dos símbolos: