Corvo

corvo símboloSignificado do símbolo Corvo

Corvo na maioria das mitologias aparece como um símbolo de maus agouros, e isso se deve muito pelo fato de ser um animal totalmente negro e que tem o hábito da necrofagia, ou seja, o corvo se alimenta de animais mortos que encontra, algumas vezes em estados avançados de putrefação, tal como faz o urubu. Mas essa não é a regra, em algumas culturas o corvo é um símbolo positivo e isso especialmente devido ao fato de o corvo ser um animal muito inteligente.

É muito provável que foi a expansão do Cristianismo pela Europa e o seu domínio durante a Idade Média o principal fator responsável por criar a má reputação do corvo, concepção que acabou se espalhando por diversas culturas então. A necrofagia e sua cor negra fizeram os cristãos associarem-no a satanás e a vários outros demônios.

Antes do Cristianismo, os gregos, por exemplo, associavam o corvo ao deus Apolo, um deus solar. A ave era tida como mensageira e profeta, um símbolo de luz, capaz de espantar a morte. Porém, já entre os celtas da Idade Média encontramos o corvo como um sinal de morte e guerra, ao mesmo tempo que podia ser associado com transformações pessoais. Acreditavam eles ainda que corvos eram fadas disfarçadas. A associação negativa dada ao corvo fez com que bruxos e magos da época envolvidos com magia negra usassem o pé do corvo em feitiços ligados à morte.

Veja também. Significado do símbolo ->  Pássaros

Veja também os significados dos símbolos Sol e Lua.

Contudo, notamos que nas culturas onde não existe influência do Cristianismo o corvo é um símbolo de coisas boas. Os índios da América do Norte, antes da chegada dos colonizadores, tinham o corvo como símbolo de criatividade, de boa sorte, de inteligência e do sol. Para os Maias o corvo tinha ligação com as tempestades, o relâmpago e a trovoada, numa relação com a força natural que isso representa sem relação com o mau que tais forças podem causar.

No oriente, o corvo simboliza gratidão e é sinal de bons presságios tanto no Japão como na China, onde também já foi usado como símbolo do imperador. Voltando à Grécia, encontramos o mito que conta que o corvo era uma ave branca, mas que por ter desobedecido o deus Apolo, foi castigado por ele, que o transformou em uma ave negra.

corvo

Entre os nórdicos, o corvo era identificado com Odin, o seu deus supremo, que também era chamado de deus corvo. Ao mesmo tempo este tinha dois corvos que o acompanhavam. Um se chamava Munnin e tinha relação com a memória e o outro era chamado Huginn, associado ao pensamento. Os dois corvos eram mensageiros que constantemente partiam em busca de informações que traziam a Odin.

Veja também. Significado do símbolo ->  666: O Número da Besta

Veja também os significados dos símbolos Martelo de Thor e Valknut.

O corvo também aparece na Bíblia. Na história do dilúvio, vemos o episódio em que Noé resolve soltar um corvo para verificar se as águas da inundação já haviam baixado, contudo o corvo ao retornar não traz nenhum sinal. Então Noé resolve soltar um pombo e esse sim ao retornar traz um ramo de oliveira, sinalizando que as águas estavam recuando. Aqui temos mais um indício do porque os cristãos atribuem uma simbologia negativa ao corvo. Entretanto, há uma passagem em que são corvos que trazem alimento ao profeta Elias quando Israel estava em ruinas.