Árvore

A árvore é um elemento tão próximo do homem que é um dos primeiros desenhos que uma criança faz. Segundo o dicionário, o significado de árvore é uma planta de caule lenhoso, com tronco, ramos, raízes, flores e frutos. Mas pelos benefícios que oferece ao homem, por meio de sombra, madeira e alimento, a árvore é muito mais do que isso.

árvore símbolo

Cultuada desde os primórdios, por povos diversos, como os maias, assírios e hebreus, o símbolo árvore merece um lugar especial na história, pois é o elemento da natureza que melhor representa a vida em sua totalidade.

Não por acaso, diversas espécies de árvores, ao longo dos tempos, simbolizaram a cultura e história de povos e países, como o carvalho para os celtas, a oliveira para os gregos e romanos, o cedro para os hebreus e libaneses. Para nós, brasileiros, a árvore símbolo é o Ipê amarelo, cujas flores amarelas, em contraste com folhas verdes, se assemelham à nossa bandeira.

Conheça alguns dos significados e simbolismos atribuídos à árvore.

Simbolismo da Árvore

Desde tempos remotos, o homem associa a árvore aos deuses e à força da natureza. Com raízes fixas ao solo e tronco firme, crescendo em direção ao céu, a árvore simboliza o centro do mundo, bem como a ligação entre a terra (mundo inferior) e o céu (mundo superior).

Representa também fertilidade e crescimento, sendo uma simbologia perfeita para família, pois sua missão principal é dar frutos, ou seja, se perenizar.

Não por acaso, chamamos de árvore genealógica a representação de uma família ao longo de diversas gerações. Nesse mapa familiar, os filhos e descendentes de um casal podem ser comparados aos ramos e frutos de uma árvore.

árvore símbolo

Simbologia da árvore entre os esotéricos

Para os esotéricos e místicos, a árvore representa o ciclo da evolução cósmica: vida, morte e regeneração. Seu ciclo de vida simboliza a evolução do homem: posicionada para o alto, ela cresce, amadurece, floresce e frutifica, perde folhas, se regenera e morre, porém, em forma de sementes, continua renascendo e dando origem a novas vidas.

Veja também. Significado do símbolo ->  Coringa

Na cultura celta, a árvore era considerada um símbolo sagrado, usada nos rituais para prática da magia. Para os assírios, era associada à Ishtar, deusa da fertilidade. Já para os gregos, a árvore sagrada era a oliveira, a qual eram atribuídos poderes sobrenaturais.

O que é a Árvore da Vida?

A Árvore da Vida é um simbolismo que acompanha a humanidade há séculos. Desde a Antiguidade, seja entre os povos ocidentais (romanos, gregos, hebreus, assírios) ou orientais (japoneses e chineses), está associada ao princípio da vida, à criação do universo, à ligação entre a terra e o céu. Também representa imortalidade e fecundidade.

Porém, é na crença cristã que ela encontra seu mais forte fundamento.

Na representação bíblica, havia duas árvores no Jardim do Éden:

  • A Árvore da Vida, que oferecia, com seus frutos, o poder da imortalidade.
  • A Árvore do Conhecimento, que dava o dom da ciência do bem e do mal.

Essas árvores teriam sido colocadas por Deus no Paraíso, para testarem a lealdade de Adão e Eva.

Quando seduzidos pela serpente (Satanás), eles desobedecem ao Criador e comem o fruto proibido, eles se tornam mortais e são expulsos do paraíso. É o chamado pecado original.

A Árvore da Vida nos dias atuais

Atravessando os séculos, a Árvore da Vida ainda tem forte representatividade no mundo atual, no formato de um amuleto que simboliza a longevidade. Em forma de pingentes, este símbolo é usado para presentear pessoas amadas com desejos de sucesso, crescimento e prosperidade.

Veja aqui tudo sobre os significados dos símbolos Árvore da Vida e Jardim.

Buda e a Árvore Bodhi

Esta árvore, que na botânica corresponde à Ficus religiosa, é considerada sagrada pelos povos hindus e pelos budistas, como símbolo de boa sorte e longevidade. Atribui-se a ela o poder de fazer chover e de ajudar mulheres estéreis a engravidar.

Veja também. Significado do símbolo ->  Esfinge

Segundo os antigos, após uma longa caminhada, Buda sentou-se rente ao tronco da árvore Bodhi, nas margens do rio Nairanjana, e evocou o dom da iluminação. Tentado por demônios, permaneceu impassível até alcançar o saber pleno. Esse momento vivido por Buda é considerado sua descida ao mundo das sombras, do qual emergiu com mais sabedoria.

Veja aqui tudo sobre o significado do símbolo Buda.

Como surgiu a Árvore de Natal

O hábito de enfeitar árvores surgiu antes do cristianismo e tem origem em cultos pagãos, nos quais vários povos decoravam árvores para celebrar a fertilidade da natureza.

Os romanos o faziam em homenagem a Saturno, o deus da agricultura. Os egípcios levavam ramos verdes para casa para celebrar a vitória da vida sobre a morte. Entre os celtas havia o costume de enfeitar árvores de carvalho com maçãs douradas.

árvore de natal

Como tradição associada ao nascimento de Cristo, há várias teorias, como a de que a primeira árvore de natal surgiu na Lituânia, em 1510. Também há registros de seu surgimento na Alsácia, província francesa, no século XVII. Ou ainda de que o costume começou na Alemanha, em 1530, com Martinho Lutero. Ao observar pinheiros cobertos de neve e iluminados por estrelas, ele ficou tão impressionado que decidiu reproduzir a imagem em sua casa, criando a árvore de natal.

Seja qual for a origem, a tradição cristã de decorar árvores (pinheiros) para celebrar o nascimento de Cristo começou na Europa. E só se estendeu para outros continentes no século XIX.

Veja aqui tudo sobre o significado do símbolo Árvore de Natal.

As árvores cósmicas

Segundo o alemão Manfred Lurker, uma das maiores autoridades em símbolo do mundo, a árvore tem sua simbologia dividida em três setores:

  • Cosmos: Árvore Cósmica
  • Bios: Árvore da Vida
  • Logos: Árvore do Conhecimento
Veja também. Significado do símbolo ->  Fada

De acordo com Lurker, a árvore cósmica situa-se no centro da Terra e é representada por uma árvore invertida, simbolizando a Criação em movimento descendente. Também para o xamanismo, prática ancestral calcada no culto à natureza, as árvores cósmicas são uma ponte de contato com o mundo espiritual. Segundo a prática, o xamã recebe das árvores os mensagens e revelações voltadas para a cura.

Simbolismos das árvores segundo sua espécie

  • Ameixeira: amparo e proteção.
  • Bambu: equilíbrio e crescimento.
  • Bananeira: representa a fertilidade.
  • Cânfora: simboliza a boa saúde.
  • Carvalho: resistência e sabedoria; madeira da cruz de Cristo.
  • Cedro: símbolo nacional do Líbano, representa a fidelidade.
  • Cerejeira: sabedoria e amor.
  • Cipreste: longa vida e segurança.
  • Figueira: árvore sagrada na Índia, simboliza a imortalidade e para os antigos egípcios, sabedoria.
  • Macieira: representa amor e eternidade, mas também o fruto proibido de Adão e Eva.
  • Oliveira: símbolo da deusa Atena, representa esplendor e vitória.
  • Pinheiro: fartura e longevidade. Usado como árvore de natal, enfeitado com luzes e bolas coloridas.
  • Salgueiro: também chamada de chorão, representa sorte e proteção.
  • Tangerineira: sucesso e prosperidade.

Tatuagem de Árvore

Geralmente quem escolhe a imagem de uma árvore ou ramo para tatuar no corpo, tem por objetivo homenagear a família, numa alusão à genealogia.

Quando se tatua árvore com raízes aparentes, representa estabilidade e firmeza. Em todos os sentidos, uma tatoo de árvore simboliza a vida, crescimento e prosperidade. Além disso, essa tatuagem serve para evocar sabedoria e razão em todas as decisões.

Veja também os significados dos símbolos: