Ouroboros

O Ouroboros é um símbolo emblemático em que uma serpente, ou um dragão, é retratada com a calda em sua própria boca, continuamente devorando a si mesmo e nascendo de novo.

Aparece com inúmeras formas em diferentes culturas da história antiga. O ouroboros aparece em registros arcaicos do Egito, Grécia, Índia, Japão e na cultura dos astecas, em que era chamado de Serpiente Emplumada ou Quetzálcoatl.

Origem do Ouroboros

O ouroboros aparece, entre outras, nas culturas egípcia e grega da Antiguidade, sendo considerado um símbolo gnóstico e da alquimia. O nome ouroboros, em grego, quer dizer literalmente “devorador de calda”.

O mais antigo ouroboros conhecido aparece na tumba do faraó egípcio Tutankamon, do século XIII a.C. Os egiptólogos acreditam que o símbolo ali era usado para remontar ao tempo cíclico, o qual retorna em si mesmo. Os egípcios antigos entendiam o tempo como uma série de ciclos repetitivos, ao invés de algo linear que constantemente evolui. No centro dessa ideia, estavam o ciclo das águas do rio Nilo (ciclo esse que se repetia a cada ano nas diferentes estações) e o ciclo do sol, que nasce e se põe todos os dias.

Significado de Ouroboros

O símbolo do ouroboros representa a unidade de todas as coisas, materiais ou espirituais. Essa unidade nunca desaparece, apenas muda de forma em um ciclo eterno de destruição e recriação. O ouroboros é entendido como repetição, renovação e o eterno ciclo do tempo. Em geral, tem referência à criação do universo, o eterno renascer da vida na Terra e à continuidade.

Veja também. Significado do símbolo ->  Onça

Símbolo de Ouroboros

A visão do símbolo do ouroboros deu ao químico August Kekulé von Stradonitz (1829 – 1896) a ideia de ligar átomos de carbono, formando o anel de benzeno. Os alquimistas gregos de Alexandria produziam peças em ouro que mostram o ouroboros e mais a frase “Um é Todo”. Esse é um trecho apenas da frase maior: “Um é Todo, e por Todo, e para Todo. E se não contém Tudo; então Tudo é Nada”.

Simbologia de Ouroboros

A ideia do ciclo da vida está ligada também à simbologia do ouroboros, que é reconhecido como o símbolo mais antigo na alquimia. Para os alquimistas, sinaliza a mudança entre as estações do ano, a dinâmica dos céus, a energia cíclica da vida.

É também o símbolo que representa o deus romano, Janus, responsável pelas entradas e as escolhas. Representa ainda a serpente bíblica no Jardim do Éden.

Qual o significado de Ouroboros

Cada cultura atribui um significado ao ouroboros, mas, de modo geral, o símbolo remonta ao ciclo infinito da vida e ao equilíbrio das diferentes forças que habitam cada ser humano. Em alguns sentidos, é próximo ao significado do yin e yang da cultura chinesa.

Veja também. Significado do símbolo ->  Rosa

Ouroboros no misticismo

O ouroboros era também um símbolo entre os gnósticos. Para os gnósticos, os lados opostos do ouroboros representam aquilo que é divino e mundano nos homens. Mesmo sendo opostos, essas partes convivem em equilíbrio dentro de cada pessoa.

Na mitologia nórdica, o ouroboros aparece como a serpente intitulada Jormungandr, que envolve o mundo com a sua calda na sua boca. No hinduísmo, o ouroboros faz parte da base sobre a qual o mundo repousa. É um dragão que circula com sua calda, a qual suporta os quatro elefantes que, por sua vez, seguram o mundo.

Ouroboros no budismo

Para o budismo, a figura do ouroboros ensina a olhar para dentro de si mesmo de modo a evoluir espiritualmente continuamente.

Ouroboros na maçonaria

Os maçons veem o ouroboros como símbolo da eternidade, renovação, amor e sabedoria. Encontra-se o ouroboros nas fachadas de entrada das lojas maçônicas, associado a outros símbolos da maçonaria, como o compasso e o esquadro.

Ouroboros na Yoga

Na Yoga, o Ouroboros representa o Kundalini, sendo esse o poder divino ou a energia que tudo movimenta. É também representado como o caule de uma jovem flor de lótus, que brilha e se enrola sobre si mesma como uma cobra, a qual segura o rabo na boca.

Veja também. Significado do símbolo ->  Cruz Ansata

Ouroboros nas religiões africanas

Nas religiões africanas, o ouroboros é encontrado como representante do semideus Aidophedo, sendo esse identificado como o que morde a própria cauda.

Tatuagem de ouroboros

A tatuagem de ouroboros carrega o significado de renovação, eterna busca por olhar para si mesmo, força constante para recomeçar e renascer. Pode ser feita em cores ou preto e branco. Seu desenho encontrará milhares de modelos de referência em obras espalhadas ao longo da história e das culturas.

Ouroboros no anime The Seven Deadly Sins

No mangá The Seven Deadly Sins (que mais tarde se tornou um anime), o símbolo do ouroboros aparece como a arma usada pelo personagem principal, Meliodas. Esse mangá foi criado por Nakaba Suzuki.