Cervo

O Cervo não é um animal comum na fauna brasileira, sendo mais encontrado na região do Pantanal, mas tem muita história para contar desde os tempos mais antigos.

Também chamado de veado, o cervo é um mamífero herbívoro de grande porte, com pernas longas e altura entre 1,10 m e 1,20 m.

De pelagem de cor marrom e branca no peito, é o único animal a desenvolver galhadas na cabeça.

Há quem diga que ele é “primo” das renas que puxam o trenó do Papai Noel. No popular Jogo do Bicho, ele é o número 24. E para você ligar o nome à figura, basta lembrar do Bambi, uma das produções de maior sucesso de Walt Disney.

símbolo do cervo

Apesar do seu grande porte, o cervo possui aparência dócil e inofensiva. Conheça um pouco mais sobre esse curioso animal e seus simbolismos na cultura de vários povos.

Veja também o significado do símbolo Veado.

A origem dos cervos

O cervo pertence à família dos cervídeos, a qual se divide em cerca de trinta espécies. Fazem parte dessa família, entre outros, o alce, a corça e a rena.

Os fósseis mais antigos de cervos foram encontrados na Eurásia, que é sua provável origem. Mas isso, há milhões de anos, no período chamado Pleistoceno. De lá para cá, espalharam-se para os demais continentes.

Na América do Sul, existem hoje cerca de 17 espécies de cervos, cujo habitat vai desde a costa litorânea até locais de grande altitude, como a cordilheira dos Andes.

No Brasil, ele se concentra em maior número no Pantanal do Mato Grosso do Sul. São os cervos pantaneiros (Blastocerus dichotomus), que chegam a pesar 120 quilos.

Veja também. Significado do símbolo ->  Alfa

O cervo no mundo animal

Herbívoros ruminantes como os bovinos, os cervos se alimentam de ramos e cascas de árvore. São considerados a segunda espécie mais rápida do mundo, perdendo apenas para o guepardo, que corre a até 120 km por hora.

Mesmo vivendo em pequenos grupos, os machos da espécie têm por hábito passar alguns períodos solitários. São os machos que desenvolvem as galhadas (chifres) na cabeça, estruturas ósseas muito úteis nas disputas pelas fêmeas, em época de acasalamento. Entre os cervídeos, a única espécie em que a fêmea também possui chifre é a das renas, que o usam para proteger os filhotes.

O simbolismo do cervo entre os povos

Como todo animal que possui chifre, o cervo simboliza fecundidade e vida e, em algumas tradições, está associado a uma superstição. Por ser um animal solar, sua aparição indica a chegada de um período de seca e prejuízos. De acordo com essas tradições, para atrair chuva para um local castigado pela seca, é preciso fazer o sacrifício de um cervo.

O cervo, para os chineses, representa prosperidade, energia sexual e imortalidade. Segundo eles, sua galhada possui propriedades afrodisíacas.

Já entre os índios americanos, o cervo é associado à luz divina, sendo um guia na passagem da vida para a morte. Em algumas tribos, a pele do cervo é considerada sagrada e usada para representar divindades, especialmente o deus Sol.

Veja também. Significado do símbolo ->  Pérola

Veja também o significado do símbolo Sol e Morte.

A simbologia do cervo nas doutrinas religiosas

Tanto na religião cristã quanto muçulmana, o cervo é considerado um núncio da luz e um símbolo do sol nascente, representando aquele que une o céu e a terra.

Na religião budista, o cervo de ouro representa Buda, sendo considerado aquele que atenua desejos e paixões.

E para os celtas, que viveram no noroeste europeu, no século II a.C, o cervo simbolizava longevidade e prosperidade. Tanto que o deus celta Cernunnos era representado com a cabeça de um cervo.

Veja também o significado do símbolo Buda.

O cervo na iconografia grega

Na mitologia grega, o cervo é associado à deusa da caça, Artemis, que conduzia seu carro puxando cervos com rédeas de ouro. O animal também está presente nos mitos de Afrodite, deusa do amor e Adonis, deus da beleza, como símbolo de sensualidade, paixão e luxúria, por conta de sua história de amor e perda.

O cervo nas Escrituras Sagradas

O cervo é um dos animais mais citados no Antigo Testamento, devido a suas características, como a agilidade e a capacidade de saltar grandes alturas. Assim, encontramos no Livro Sagrado alguns trechos que exaltam essa qualidade, como em Habacuque, 3:19, quando este clama ao Criador:

“O Senhor Deus é a minha força, e fará os meus pés como os dos cervos, e me fará andar sobre as minhas alturas”. Nesse trecho, Habacuque almeja ter pés de cervos para conseguir alcançar Deus e se afastar do pecado e proteger-se dos inimigos.

O cervo na Bíblia

Conhecido por sua rapidez e sua personalidade solitária e prudente, o significado bíblico do cervo é justamente a capacidade de, através da sua agilidade, conseguir afastar-se de seus inimigos e do pecado.

Veja também. Significado do símbolo ->  Sino

“Seu Deus virá, virá com vingança; com divina retribuição virá para salvá-los (…) Então os coxos saltarão como o cervo, e a língua do mudo cantará de alegria.” (Isaías 35:4 – 5)

“Assim como o cervo brama pelas correntes das águas, assim suspira a minha alma por ti, ó Deus!”. (Sl 42:1)

Exalta-se, nessa passagem a ligação do cervo com a água, associando a esta a necessidade de se purificar.

A tatuagem de cervo

Não são muito comuns tatuagens com esse simpático animal, mas quem opta por ele exprime um desejo de poder, por conta de sua imponente galhada.

Também é escolhida por conta de alguns de seus simbolismos como, por exemplo, amor e cura, para os índios americanos. Já na cultura asiática, o cervo simboliza felicidade.

Representado de corpo inteiro ou apenas a cabeça com sua galhada majestosa, a tattoo de cervo é usada pelos homens nas pernas, ombros e braços, como simbolismo de caça e coragem. Já entre as mulheres, a principal opção é por um delicado Bambi.

Veja também: